Filmes: Janeiro, Fevereiro e Março {2021}

  • quarta-feira, 31 de março de 2021
Olá, venho com a maior satisfação falar dos últimos filmes que mais gostei nesse primeiro trimestre de 2021. Ainda estamos longe de voltar ao normal no cinema, mas ainda assim boas produções vieram a tona nos streamers também. A lista é modesta, mas garanto que é boa ♡
Relatos do Mundo
Sinopse: Em Relatos do Mundo, no ano de 1870, o Capitão Jefferson Kyle Kidd, um viúvo que já lutou em duas guerras, viaja através do Texas oferecendo notícias do mundo para as pessoas, apesar dos jornais estarem se tornando cada vez mais acessíveis. Ele aceita uma proposta para levar uma menina de 10 anos, Johanna, até seus familiares. Criada pela tribo Kiowa, ela não conhece sua família e tem um comportamento hostil com as pessoas ao seu redor, mas acaba criando um vínculo com Kidd, forçando os dois a lidarem com as difíceis escolhas sobre o futuro.
O que eu achei: Gente, onde tem Tom Hanks eu tô assistindo! A história é brilhante, mas o que me chamou atenção foi a atuação da menina que interpreta Johanna. O final emociona, e eu tenho certeza que é o tipo de filme não só para os amantes do velho oeste, mas pra todo mundo. Veja o trailer AQUI.

Judas e o Messias Negro 

Sinopse: A história de ascensão e queda de Fred Hampton (Daniel Kaluuya), o ativista dos direitos dos negros e revolucionário líder do partido dos Panteras Negras. Um jovem proeminente na política, ele atrai a atenção do FBI, que com a ajuda de William O’Neal (LaKeith Stanfield) acaba infiltrando os Panteras Negras e causando o assassinato de Hampton.

O que eu achei: A muito tempo eu não via um filme sobre o movimento dos Panteras Negras. E que filme! O único ponto negativo pra mim foram algumas partes um pouco arrastadas. Mas o filme é chocante, com atuações excelentes e convincentes. Os discursos do Fred Hampton chegaram a me cativar de verdade. O final trouxe uma lição gigante. Veja o trailer AQUI.

Eu me Importo
Sinopse: Em Eu Me Importo, Marla Grayson (Rosamund Pike) é uma renomada guardiã legal que gosta de ficar com pessoas idosas e ricas. Às custas da última, ela leva uma confortável vida de luxo. Quando ela pensa ter encontrado uma nova vítima perfeita, descobre que a mesma guarda segredos perigosos. Com base nisso, Marla vai ter que usar toda sua astúcia se quiser continuar viva.
O que eu achei: Bem, o filme já deixa claro desde o começo quem você irá odiar com todas as forças! A atuação da Rosamund Pike é maravilhosa, convincente e que personagem! Que audácia e ambição além do limite {se vocês verem o filme, irão entender}. O final pra mim, não foi o mais satisfatório pois é uma briga de vilão com vilão, mas a história é muito boa. Veja o trailer AQUI.
O Som do Silêncio
Sinopse: Em Sound of Metal, um jovem baterista teme por seu futuro quando percebe que está gradualmente ficando surdo. Duas paixões estão em jogo: a música e sua namorada, que é integrante da mesma banda de heavy metal que o rapaz.
O que eu achei: Acho que esse é meu preferido desses últimos três meses. Antes eu quero dizer que prefiro muito mais o nome do filme como Som do Metal. Na minha opinião é bem mais adequado e eu não sei porque mudaram... enfim. O filme me deixou pensativa por dias e até hoje me pego imaginando o quanto deve ser doloroso perder a audição de uma hora pra outra, ver sua paixão indo por água a abaixo. A atuação do Riz Ahmed tá incrível. Uma mistura de sarcasmo com desespero muito convincente. Veja o trailer AQUI.
Raya e o Último Dragão
Sinopse: Em Raya e o Último Dragão, Kumandra é um reino habitado por uma vasta e antiga civilização conhecida por ter passado gerações venerado os dragões, seus poderes e sua sabedoria. Porém, com as criaturas desaparecidas, a terra é tomada por uma força obscura. Quando uma guerreira chamada Raya, convencida de que a espécie não foi extinta, decide sair em busca do último dragão, sua aventura pode mudar o curso de todo o mundo.
O que eu achei: Já adianto que é um filme lindo! cheio de referências da cultura vietnamita e da Malásia ♥ Os cenários são muito bonitos e os efeitos são tão bem feitos. Em alguns momentos eu consegui ver até o frizz dos cabelos de Raya. A história tem uma premissa até simples, mas a forma como foi conduzida prende a atenção do inicio ao fim. Tanto a protagonista, como a antagonista são femininas e fortes desde o inicio. A Disney esta mudando mesmo! Recomendo muito pra ver em família. Veja o trailer AQUI.

🠂♡🠐
Todas as sinopses foram retiradas do site "Adoro Cinema". Eu como sempre mantenho a minha esperança de mais estreias nos próximos meses. Ai, que saudades de frequentar o cinema mais vezes! E quais os filmes que vocês viram ultimamente? Bjs

Esmalte "Viemos Dançar" da Impala

  • terça-feira, 16 de março de 2021

Oi ♡ Vocês já conhecem essa coleção maravilinda Now United da marca Impala? As cores são tão bonitas e pigmentadas. Eu comprei esse aí que se chama VIEMOS DANÇAR, e eu garanto que ele ainda é mais lindo pessoalmente. Alias, cada cor da coleção tem um nome descolado e divertido. Queria ter todos, mas meu lado de consumista consciente não deixa, rs.

E que verde eu classificaria esse esmalte? Verde esmeralda, verde bandeira, verde folha? Eu só achei que é um dos verdes mais bonitos que já usei. Cremoso e com acabamento brilhante ♡ Um esmalte pra todo mundo que quer ousar com um verdão lindo em todas as estações do ano {TODAS mesmo}! Nas fotos ele esta vibrante, mas pessoalmente é um verde mais fechado.

Ele parece uma cor difícil de usar, mas garanto que ele tem um tom super bonito. vale lembrar que todos os esmaltes dessa coleção são flat. Usei duas camadas sem extra brilho e a duração foi excelente. Não tenho reclamações. Ahhh, ele também é ótimo pra fazer nail art e detalhes. Ainda vou experimentar assim. E vocês? Usariam verde nas unhas? Eu estou amando usar essas cores mais diferentes no meu dia a dia e me segurando pra não comprar as outras cores dessa coleção. Bjs ❥

Indicação NETFLIX ♡ Por Trás de Seus Olhos

  • sexta-feira, 12 de março de 2021

Quando eu pensei que não fosse gostar tanto de uma série tão cedo como gostei de Bridgerton, maratonei em um dia  POR TRÁS DE SEUS OLHOS {Behind Her Eyes, nome original}.  Essa série é o novo sucesso da NETFLIX e os reviews dela são ótimos. Ela só tem uma temporada com 6 episódios e com um final que me deixou 'como assim?', até hoje!!! Esse suspense psicológico é baseado no livro de mesmo nome lançado em 2017 da escritora Sarah Pinborough.

Sinopse: A série acompanha a história de Louise, uma mãe solteira que acaba se envolvendo com o chefe, o psiquiatra David. O problema? O cara é casado com Adele, com quem tem um relacionamento bem conturbado e misterioso. A situação da protagonista começa a ficar ainda mais complicada quando ela conhece Adele e mantém uma amizade secreta entre as duas. Logo, segredos serão revelados e uma grande tragédia está no destino desse trio.Mas, para entender melhor o final da história, é preciso voltar no tempo. Especificamente, retornar para o período quando Adele foi internada numa instituição psiquiátrica. Lá, ela se tornou amiga de Rob, um viciado em heroína, com terrores noturnos. O relacionamento dos dois segue até mesmo fora do hospital, quando o jovem passa a conhecer a vida luxuosa da colega.  {fonte da sinopse}


O que eu achei: A princípio eu achei que fosse um triângulo amoroso e dramático. Quer dizer, achei que fosse uma história aparentemente simples, mas não! Sim, tem aquele drama e personagens que você não sabe bem o que tem a ver com a história e desfecho. Cada detalhe não está lá por acaso, por isso peço a você que preste muita atenção. Até o terceiro episódio, eu fiquei meio confusa e sem entender aonde a história queria chegar, mas depois percebi que não tinha só visto uma serie, e sim uma história que fica na cabeça, rs.

Tudo se encaixa perfeitamente, portanto, se sentir que nada faz sentido, aguarde até o final. Mesmo me sentido perdida com alguns fatos, a série conseguiu prender minha atenção do inicio ao fim. Quem é o vilão? Se trata de uma relacionamento abusivo? Hoje eu fico pensando se as pessoas realmente são o que dizem ser e de onde a inveja delas vem... Enfim, essa mini série é uma boa distração pro fim de semana e perfeita pra quem ama reviravoltas.

Não sei se a série terá uma segunda temporada {eu espero que não}. A história é muito bem fechada e acho que não há mais espaço pra mais histórias. O resto fica por conta da imaginação. Tenho muita vontade de ver novamente pra prestar atenção em certos detalhes e pistas que passaram batido pra mim.

Eu amo series curtinhas assim, que dá pra finalizar em um dia, no máximo dois. E ainda mais com um final que jamais poderia passar pela minha cabeça. Espero que tenham curtido essa indicação de hoje ♡ Vocês tem alguma indicação de série pra mim? Amo

Minhas Impressões: The Ordinary Peeling Solution

  • quarta-feira, 3 de março de 2021

Faz uns anos que eu ouvi falar pela primeira vez dos produtos da THE ORDINARY. Nunca dei muita atenção por dois motivos: Primeiro porque eles não vendem no Brasil e segundamente porque o preço do produto ainda é salgado quando importado. Enquanto as gringas pagam no máximo 8 a 9 euros, nós brasileiras temos que desembolsar cerca 130 a 150 reais {ou mais}. Então eu fiquei super em dúvida se compraria. Li e vi vários reviews sobre esse peeling químico pra tomar minha decisão. Queria algo efetivo pra minha pele e que me desse resultados, mesmo que mínimos, já na primeira aplicação {pra mim, produto bom é assim}. E bem, acabei cedendo ♡ Vou dar minhas impressões sobre o The Ordinary Peeling Solution 30ml AHA 30% + BHA 2%

O que é o The Ordinary Peeling Solution 30ml AHA 30% + BHA 2%?
Então o Peeling Solution, como já diz o nome, é um peeling químico usado como máscara facial, que promete combater manchas, melhorar o brilho e textura da pele. Aplicando uma camada fina no rosto e deixando por 10 minutos no máximo. Ele promove uma esfoliação que limpa profundamente os poros, removendo pele morta e dá um viço natural.

O que esta presente nele?
Esse produto contém 30% de AHA (ácido glicólico, lático, entre outros), que é responsável pela esfoliação química e 2% de BHA (ácido salicílico) que também esfolia e descongestiona os poros.

Sobre a textura e fragrância
A cor dele é vermelha, parece sangue. Essa cor se deve aos extratos de black carrot {cenoura negra} e pepperberry {frutas silvestres?}. Tem uma textura confortável pra espalhar pois não é super liquida. Ou seja, não é um produto que escorre na hora da aplicação. A fragrância é bem difícil de explicar na minha opinião, não sei se gosto, mas é meio adocicado lembrando mesmo uma mistura de berrys com cenoura. Talvez outra pessoa tem uma impressão diferente da minha, mas o cheiro é suportável.

Como eu o uso e minha experiência com ele:
Ele foi meu primeiro esfoliante químico, então segui passo a passo como é recomendado na própria embalagem pra minha segurança. Também vi alguns tutoriais pra ver como outras meninas fazem. Basicamente, eu aplico uma camada fina e uniforme {umas cinco gotas}, mas nunca próximo aos olhos e muito próximo a boca! Deixo a mascara por 10 minutos {Nunca mais que isso!!!} Tem gente que não consegue deixar por esse tempo e tira antes porque ele tem uma certa ardência/pinicação, que pra quem tem a pele mais sensível, incomoda. Mas tirar aos 5 ou 6 minutos, não tem problema. Após a retirada completa do peeling, eu aplico um hidratante ou sérum hidratante. Parece que o hidratante/sérum fica mais potente após o peeling ♥
Primeiramente, logo após enxaguar o rosto, senti minha pele SUPER macia e com sensação de limpeza profunda. Isso já me deu uma boa impressão do produto, mas eu senti falta do "glow", sabe.
Mas isso eu só percebi a luz do dia. Eu estava em uma loja, e me olhei no espelho e vi minha pele com um viço ♡ e eu fiquei "nossa, só pode ser o peeling de ontem a noite" ♥ Quanto as manchas, só posso afirmar com certeza depois de uns meses usando, porém, estou satisfeita!
Obviamente, durante o dia e mesmo dentro de casa uso um protetor solar {isso é obrigatório quando se usa ácido!!!}, e acho que os resultados de luminosidade e uniformidade da pele aumentam mais ainda. No geral esse peeling não me decepcionou, por mim está aprovado.
⇢♡⇠
Uma coisa que devo deixar claro é que estou usando esse produto a mais de um mês e duas vezes na semana e ele rende muito apesar de ter apenas 30ml de produto.
O considero aprovadíssimo e quero muito usar mais produtos da marca The Ordinary. Inclusive os outros ácidos que eles tem. Recomendo também que se você quiser usar, consulte seu dermatologista porque ele pode esclarecer melhor sobre os componentes e efeitos na sua pele. Existem algumas combinações de outros ácidos que não podem ser feitas com ele. A própria marca não indica para peles super sensíveis.
Vocês já experimentaram esse produto? Gostam ou já usaram outro dessa marca? Eu comprei o meu com essa vendedora aqui. Bjs e espero que tenham gostado dessa mini resenha ♥